Um passeio por um datacenter

03.03.2016

A computação em nuvem não existiria sem essas gigantescas "fazendas de computadores" chamadas de datacenters. Lá estão hospedados e são fornecidos os dados de serviços como Gmail, Youtube e até mesmo o conteúdo deste blog.

 

Um dos primeiros acontecimentos na história da nuvem ocorreu em 1999 com a chegada da Salesforce.com, pioneira na entrega de aplicações para empresas na web - esse conceito, em um futuro não tão distante, viria a ser chamado de SaaS. O próximo desenvolvimento foi feito em 2002, pela Amazon, que com sua plataforma Amazon Web Services (AWS) disponibilizava a capacidade de processamento excedente que era utilizada nos picos de acesso de seu mega-ecommerce. E então chegaram outros players como Google e Microsoft.

 

Essas fábricas de informação consomem muita energia e precisam de sistemas de refrigeração capazes de dissipar o calor gerado pelos processadores. Não é à toa que um dos Datacenters do Google foi construído onde ficava uma antiga fábrica de papel, próxima às águas geladas do Mar Báltico, na Finlândia. Já a Microsoft colocou um datacenter no fundo do Oceano Pacífico por três meses. O teste foi feito em agosto de 2015 e faz parte de um projeto de pesquisa que busca criar datacenters mais rápidos e sustentáveis.

 

Atualmente, muitas empresas já começam a optar pela utilização de nuvem e produtos no modelo SaaS (Software como Serviço). Mas então vem a pergunta: será que meus dados não ficam mais seguros dentro da minha empresa do que na nuvem? Respondo com outra pergunta: você prefere guardar seu dinheiro no banco ou debaixo de seu colchão? Você não acessa suas informações bancárias pela Internet e sabe que isso é feito de maneira confiável e segura? Ou seja, você deixa seu dinheiro com quem entende de dinheiro. Os sistemas de segurança de empresas de tecnologia como Google e Amazon são muito mais sofisticados do que os oferecidos pelos bancos (veja o vídeo abaixo). Esses sistemas foram concebidos pelos profissionais mais capacitados do planeta em segurança da informação e possuem as mais disputadas certificações que garantem a disponibilidade e a confiabilidade dos dados.


Quer saber mais?
 

Please reload

Últimos Posts
Please reload

© 2016 by Prime

RSS Feed